JOGO DE BOTÃO

JOGO DE BOTÃO
JOGO DE BOTÃO

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

ESTUDO PSIQUIÁTRICO DO JOGO - FUTEBOL DE BOTÃO: PESQUISA DE ESTUDO PSIQUIÁTRICO DO JOGO

Temos observado frequentemente maior utilização deste jogo por meninos de caráter oral.
Temos trabalhado o lugar da criança no espaço e a organização masculina, procurando estipular normas e regras do jogo, para que através dele, a criança possa projetar suas identificações e heróis.
Devemos registrar que as crianças que jogam futebol de botão são de caráter oral, mas estão trabalhando seus aspectos masculinos que se encontram desorganizados e destruidos, apresentando características bastante acentuadas do caráter esquizóide.
Através do futebol de botão, podemos trabalhar a organização e a identificação masculina, buscando regras, limites e o auto-controle da agressividade.
Percebemos uma acentuada busca deste jogo por meninos identificados com núcleos melancólicos de seus pais, pois estes mesmos expressam nesta brincadeira uma postura passiva, ou seja, identificados com a imobilidade paterna. Podemos considerar que a criança se encontra mais fragilizada como se precisasse fortalecer-se para conseguir jogar futebol e expressar-se.
É importante para o caráter oral por gerar sinais de angústia quando coloca limites e regras.

Trecho extraído do livro "Brinkando com o corpo- Técnicas de terapia corporal com crianças e adolescentes", de Brasilda dos Santos Rocha.

Postada no novo blog brasileiro de Futebol de botão de mesa www.botonismo.com.br por Enio Seibert - enioseibert@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário